De "Batman" a "Birdman": Relembre a carreira do ator Michael Keaton

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Indicação ao Oscar marca volta do americano ao estrelato que alcançou nos anos 1980; veja imagens de todos os filmes

O Oscar adora uma volta triunfal: em 2013, foi Ben Affleck, consagrado com o troféu de melhor filme para "Argo"; no ano passado, Matthew McConaughey, o galã de comédias românticas que mostrou ser versátil e foi escolhido melhor ator; e, agora, Michael Keaton, que recebeu a primeira indicação da carreira pelo filme "Birdman".

Crítica: "Birdman" inova na forma e renova carreira de Michael Keaton
Saiba mais: "Birdman" e "O Grande Hotel Budapeste" lideram indicações ao Oscar

Aos 63 anos, Keaton é um dos favoritos ao prêmio. Ele interpreta Riggan Thomson, ator decadente lembrado pelo papel do super-herói Birdman, que interpretou décadas antes. Sua esperança para voltar ao sucesso é uma peça de teatro escrita, dirigida e estrelada por ele.

Imagem do filme 'Birdman' (2014). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Need for Speed: O Filme' (2014) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'RoboCop' (2014). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Penthouse North' (2013). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Os Outros Caras' (2010) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Recém-Formada' (2009). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Má Companhia' (2008) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'The Last Time' (2006). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Herbie, Meu Fusca Turbinado' (2005). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Vozes do Além' (2005). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Game 6' (2005). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'A Filha do Presidente' (2004). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Armadilha Internacional' (2003) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'A Um Passo da Glória' (2000) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Uma Noite Mágica' (1998) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Medidas Desesperadas' (1998) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Jackie Brown' (1997). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Eu, Minha Mulher e Minhas Cópias' (1996) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Apenas Bons Amigos' (1994). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'O Jornal' (1994). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Minha Vida' (1993). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Muito Barulho por Nada' (1993) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Batman - O Retorno' (1992) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'One Good Cop' (1991). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Morando com o Perigo' (1990) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Batman' (1989). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'De Médico e Louco Todo Mundo Tem um Pouco' (1989) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Marcas de Um Passado' (1988) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Os Fantasmas se Divertem' (1988). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Os Trapaceiros da Loto' (1987) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Encontro Fatal' (1986) . Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Fábrica de Loucuras'(1986). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Johnny, o Gângster' (1984). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Dona de Casa por Acaso' (1983). Foto: DivulgaçãoImagem do filme 'Corretores do Amor' (1982). Foto: Divulgação

A escalação de Keaton reforça a metalinguagem do filme: de "Batman" a "Birdman", ele também caiu em decadência e tem, agora, a chance de ser redescoberto. O ator, porém, acha a comparação "preguiçosa e clichê".

"Nunca me identifiquei menos com um personagem", afirmou, em entrevista à revista "The Hollywood Reporter". Segundo Keaton, o que o atraiu no projeto foi o desafio de filmar cenas longas, com poucos cortes.

Sucesso nos anos 1980

Nascido em 5 de setembro de 1951 em Robinson Township, no Estado americano da Pensilvânia, Keaton começou a carreira fazendo stand-up de comédia e trabalhando nos bastidores de emissoras de televisão.

Michael Keaton no Globo de Ouro 2015
AP
Michael Keaton no Globo de Ouro 2015

No final dos anos 1970, entrou para as populares séries "The Mary Tyler Moore Hour" e "Working Stiffs". Esta última levou ao primeiro papel importante no cinema: Bill "Blaze" Blazejowski em "Corretores do Amor" (1982), dirigido por Ron Howard. 

Daí em diante, vieram uma série de papéis cômicos em produções como "Dona de Casa por Acaso", "Johnny, o Gângster" e "Fábrica de Loucuras". 

O ano de 1988 consolidou o sucesso de Keaton, que recebeu elogios tanto pela comédia "Os Fantasmas se Divertem", de Tim Burton, quanto pelo drama "Marcas de Um Passado", de Glenn Gordon Caron.

Quando Burton escalou Keaton como protagonista de "Batman" (1989), vários fãs dos quadrinhos reclamaram, argumentando que ele não tinha as características físicas do herói e, sendo um ator cômico, não se daria bem em um papel dramático. Mas o filme foi sucesso de público e crítica, dando origem a uma sequência, "Batman - O Retorno", em 1992.

Pós-Batman

Quando Burton desistiu de dirigir um terceiro longa, Keaton também deixou a franquia, dizendo não a um salário de US$ 15 milhões (R$ 40,2 milhões), segundo o "The Hollywood Reporter". Outro projeto famoso que ele recusou, anos depois, foi a série "Lost": o papel de Matthew Fox tinha sido oferecido primeiro para ele.

Michael Keaton como Batman: ele estrelou dois filmes de Tim Burton
Divulgação
Michael Keaton como Batman: ele estrelou dois filmes de Tim Burton

Na década de 1990 Keaton continuou ativo e fez filmes famosos como "Eu, Minha Mulher e Minhas Cópias", "O Jornal" e "Jackie Brown". Nos anos 2000, a qualidade dos trabalhos piorou, com bombas como "Vozes do Além" e "Herbie, Meu Fusca Turbinado".

Em 2009 ele lançou seu único filme como diretor, "Má Companhia", sobre uma mulher que abandona o marido agressivo, se muda para Nova York e começa uma relação com um assassino, interpretado por Keaton.

Além de "Birdman", ele participou de dois outros longas badalados de 2014: "Need For Speed - O Filme" e "RoboCop", remake dirigido pelo brasileiro José Padilha.

Dois novos lançamentos estão previsto para este ano: o thriller "Spotlight", dirigido por Thomas McCarthy, sobre um escândalo de pedofilia descoberto pelo "Boston Globe"; e a animação "Minions", da qual será um dos dubladores. Keaton também está no elenco de "Kong: Skull Island", que conta a origem de King Kong e está previsto para 2017.

Siga as redes sociais do ON:

Curta a página do ON no Facebook

Acompanhe o ON no Google+

Siga o ON no Twitter

Leia tudo sobre: Michaelbirdmanbatmancinemaoscar 2015

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas