Morgan Freeman defende legalização da maconha: "Como, bebo, fumo e cheiro"

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Artista afirma que droga é a "única coisa que oferece alívio" para uma dor crônica no braço

O ator americano Morgan Freeman defendeu a legalização da maconha em uma entrevista ao jornal "Daily Beast". De acordo com o artista, ao contrário do álcool a maconha tem "muitas funções úteis".

O ator Morgan Freeman no filme 'Lucy'
Divulgação
O ator Morgan Freeman no filme 'Lucy'

"Costumavam dizer: 'Se você fumar isso, menino, vai ficar viciado'", contou o ator, rindo. "Minha mulher me introduziu [à maconha] há muito anos. Como uso? Do jeito que vier! Eu como, bebo, fumo e cheiro!"

O ator disse que maconha é a única "coisa que oferece alívio" para uma dor crônica que tem no braço. "Estão dizendo que a maconha diminui [as ocorrênias] de convulsões em jovens, para que esses jovens possam ter uma vida. Isso, para mim, já diz: 'Legalizem!'"

Siga as redes sociais do ON:

Curta a página do ON no Facebook

Acompanhe o ON no Google+

Siga o ON no Twitter

Leia tudo sobre: morgan freemanmaconhacinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas