Grupo de “direito dos homens” anuncia boicote a “Mad Max: Estrada da Fúria”

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Eles alegam que o filme se vende como um "filme de macho", mas na verdade mostra apenas mulheres fortes e poderosas

Um grupo de ativistas pelos “direitos dos homens”, seja lá o que for isso, anunciou um boicote a “Mad Max: Estrada da Fúria” por ele ser um filme feminista.

Imagens do filme "Mad Max: Estrada da Fúria", com Tom Hardy e Charlize Theron. Foto: Divulgação / Warner Bros. PicturesImagens do filme "Mad Max: Estrada da Fúria", com Tom Hardy e Charlize Theron. Foto: Divulgação / Warner Bros. PicturesImagens do filme "Mad Max: Estrada da Fúria", com Tom Hardy e Charlize Theron. Foto: Divulgação / Warner Bros. PicturesImagens do filme "Mad Max: Estrada da Fúria", com Tom Hardy e Charlize Theron. Foto: Divulgação / Warner Bros. PicturesImagens do filme "Mad Max: Estrada da Fúria", com Tom Hardy e Charlize Theron. Foto: Divulgação / Warner Bros. Pictures

Eles chamam o longa do diretor George Miller de “Cavalo de Tróia” por se vender como um um “filme de macho” mas, na verdade, mostrar mulheres fortes e poderosas no centro da história, como a personagem Imperatriz Furiosa, interpretada por Charlize Theron.

Charlize Theron interpreta a Imperatriz Furiosa no filme do diretor George Miller
Divulgação / Warner Bros. Pictures
Charlize Theron interpreta a Imperatriz Furiosa no filme do diretor George Miller

“Feministas e esquerdistas de Hollywood vão usar isso para insistir que mulheres são iguais aos homens em tudo, incluindo no físico, força e lógica”, escreveu o representante Aaron Clarey.

Clarey ainda cita passagens do filme: “A personagem de Charlize Theron late ordens para Mad Max. Ninguém pode latir ordens para Mad Max.”

Ele ainda insiste para as pessoas não irem ao cinema. “Não apenas se RECUSE a ver o filme, mas espalhem a palavra para o maior número de homens possível.”

É mole?

Siga as redes sociais do ON:

Curta a página do ON no Facebook

Acompanhe o ON no Google+

Siga o ON no Twitter

Leia tudo sobre: mad max

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas