Lollapalooza 2015: Jack White faz show poderoso; Major Lazer promove baile funk

Por Caio Menezes e Gustavo Abreu , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Roqueiro fez um show completo no palco Skol com músicas da carreira solo e do White Stripes. Enquanto isso na tenda Perry, Diplo mostra suas batidas dançantes com concurso de twerk

Jack White toca na edição 2015 do Lollapalooza
Reprodução / Multishow
Jack White toca na edição 2015 do Lollapalooza

Pontualmente às 21h15, um solo insano de bateria invadiu o palco Skol anunciando o show de Jack White. Com estilo de banda de jazz dos anos 1960, a trupe do músico fez a alegria de quem esperava um bom show de rock no Lollapalooza.

Leia mais: Robert Plant e Skrillex dividem o público no 1º dia de Lollapalooza
Lollapalooza 2015: Kasabian faz micareta indie; alt-J é prejudicado pelo horário

Calcada nos hits do White Stripes, mas também com musicas solo e do The Raconteurs, o show principal da noite durou pouco menos de duas horas e não foi silenciosa por um segundo sequer. Com uma banda poderosa, com destaque para o baterista e a violinista que faz vezes de vocalista, White se fez ouvir em toda a arena com clássicos como "Black Math", "I'm Slowly Turning Into You" e "Fell In Love With A Girl", esta numa versão folk.

Apesar disso, a plateia foi muito mais morna do que o show merecia e mal correspondeu às interações do frontman. Enquanto ele e a banda tiravam solos impecáveis, o público seguia pedindo por "Seven Nation Army".

Quando Jack White soltou os primeiros acordes do maior hit de sua carreira, só na última música, o público foi ao delírio e o "ôôô" ecoou pelo Autódromo. E o espetáculo foi arrepiante, com uma chuva de fogos aparecendo na hora certa.

Fogos de artifício ao final da apresentação de Jack White no Lollapalooza Brasil 2015
Divulgação: Lollapalooza / I Hate Flash
Fogos de artifício ao final da apresentação de Jack White no Lollapalooza Brasil 2015

Jack White de fato merecia uma plateia mais atenciosa, mas o que o cantor fez em São Paulo neste sábado mostrou o porquê dele ser um dos maiores músicos contemporâneos.

Imagens da apresentação do Major Lazer no Lollapalooza Brasil2015
Divulgação: Lollapalooza / I Hate Flash
Imagens da apresentação do Major Lazer no Lollapalooza Brasil2015

Baile-gringo-funk na tenda Perry

O Major Lazer subiu ao palco da tenda Perry pontualmente às 21h30. O produtor Diplo, que virou alvo das revistas de fofoca recentemente por estar namorando Katy Perry, estava acompanhado dos produtores Jillionaire e Walshy Fire (Switch, seu primeiro parceiro abandonou o projeto em 2011) e duas dançarinas animadas que não pararam de pular em nenhum momento.

O set foi uma mistura das músicas mais recentes do Major Lazer, tiradas do disco "Free the Universe", de 2013, mas teve também algumas prévias do inédito "Peace is the Mission", cujo lançamento é previsto para junho.

Uma das mais aplaudidas pelo público foi "Lean On", parceria do ML com o DJ Snake e vocais da dinamarquesa Mø. Mas "Bubble Butt", que fala sobre bundas grandes, também fez sucesso, principalmente porque os MCs chamaram várias garotas no palco para mostrar "o que a brasileira tem" -- basicamente um grande concurso de twerk.

Imagem da apresentação do Major Lazer no Lollapalooza Brasil 2015
Divulgação: Lollapalooza / I Hate Flash
Imagem da apresentação do Major Lazer no Lollapalooza Brasil 2015

Um dos blocos mais empolgantes, no entanto, foi quando Diplo parou de brincar com o público (o americano passou a primeira metade do set pulando de um lado para o outro) e foi para trás da mesa de som para tocar baile funk. Teve "A Porrada Come", da MC Beyoncé (atual Ludmilla), "Beijinho no Ombro", da Valesca Popozuda e "Passinho do Volante", do MC Federado. Para finalizar, uma música gravada pelo MC Bin Laden especialmente para o Major Lazer -- que já estamos torcendo para estar no disco novo.

Leia tudo sobre: lollapaloozalollapalooza 2015

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas