Demi Lovato sobre igualdade de gênero: "Feminismo não pode apoiar só mulheres"

Por Gustavo Abreu , iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Cantora falou em coletiva de imprensa em São Paulo sobre o disco "Confident", o quinto de sua carreira. "Quero empoderar as mulheres nesse disco, mas é importante que empodere homens também", disse antes de receber disco de diamante

Em visita ao Brasil para promover seu álbum mais recente, "Confident", Demi Lovato defendeu, entre outros assuntos, a igualdade de gêneros. “O feminismo não pode ser uma coisa que apoia apenas as mulheres e joga os homens para escanteio”, disse a popstar quando questionada pelo iG sobre feminismo na música pop.

Demi Lovato ganha disco de diamante durante passagem pelo Brasil: 160 mil cópias vendidas
AgNews
Demi Lovato ganha disco de diamante durante passagem pelo Brasil: 160 mil cópias vendidas

Para Demi, suas letras sobre autoconfiança e se sentir bem no próprio corpo é um recado para todos. “Quero empoderar as mulheres nesse disco, mas é importante que empodere homens também.”

Depois de fazer dois shows em boates gays em Nova York para divulgar o novo trabalho, Demi defende o respeito a todos como bandeira. “O problema de verdade é a igualdade de gênero, e ter certeza de que todos se sintam igualmente amados.”

“Confident” é o quinto disco de Demi, que já foi atriz da Disney e enfrentou problemas no passado envolvendo abuso de drogas, fotos íntimas vazadas e bullying.

Leia os melhores trechos da entrevista de Demi Lovato sobre o disco “Confident”.

Criação do disco
“Lanço muitos discos porque faço muitas turnês, e durante elas me sinto animada, fico muito criativa para fazer músicas novas. Eu me envolvo 100% no processo, não só na música, mas no nome do álbum, na turnê, cada nota, cada detalhe. Eu sou perfeccionista, sou uma pessoa controladora e quero que tudo esteja 100% perfeito.”

AgNews
"Confident" é o quinto disco de estúdio de Demi Lovato

Música que tem mais a ver com Brasil
“Acho que tem que ser ‘Confident’ porque meus fãs são tão fortes por aqui. Em muitos eventos eles me falam que eu salvei a vida deles ou os ajudei a encontrar confiança, então eu acho que ‘Confident’ é a música perfeita para definir os meus lovatics.”

Feminismo na música pop
“Eu sinto que houve uma mudança na consciência em relação ao feminismo e igualdade de gênero nos últimos anos e fico feliz em fazer parte disso. O que é importante lembrar, e o que eu tenho que ser cuidadosa, é que eu definitivamente quero empoderar as mulheres nesse disco, mas é importante que empodere homens também. O feminismo não pode ser uma coisa que apoia apenas as mulheres e joga os homens para escanteio. O problema de verdade é a igualdade de gênero, e ter certeza de que todos se sentem igualmente amados, igualmente sustentados, igualmente estáveis financeiramente. Eu espero que minhas crenças e minhas opiniões e as coisas que eu falo se reflitam de uma maneira que possa inspirar essa geração.”

Demi Lovato fez show fechado para 400 convidados em São Paulo para divulgar o disco "Confident" (20/10/2015). Foto: AgNewsDemi Lovato fez show fechado para 400 convidados em São Paulo para divulgar o disco "Confident" (20/10/2015). Foto: AgNewsDemi Lovato fez show fechado para 400 convidados em São Paulo para divulgar o disco "Confident" (20/10/2015). Foto: AgNewsDemi Lovato fez show fechado para 400 convidados em São Paulo para divulgar o disco "Confident" (20/10/2015). Foto: AgNewsDemi Lovato fez show fechado para 400 convidados em São Paulo para divulgar o disco "Confident" (20/10/2015). Foto: AgNewsDemi Lovato fez show fechado para 400 convidados em São Paulo para divulgar o disco "Confident" (20/10/2015). Foto: AgNews

Retorno ao Brasil
“Obviamente vou voltar ao Brasil. Eu planejo estar ainda mais ocupada no ano que vem e esse ano. Vocês vão ter que esperar por ouvir mais informações sobre isso. Mas eu vou voltar ao Brasil em breve.”

Cool For The Summer
“Acho que o que faz uma pessoa ‘cool for the summer’ é alguém que é verdadeiro a ele mesmo, que não se importa com o que as pessoas pensam. São confiantes, abraçam sua sexualidade e sabem como se divertir.”

Capa do disco
Divulgação
Capa do disco "Confident", de Demi Lovato

Música mais autobiográfica
“Siria que cresci muito como artista, mas cresci muito como uma pessoa. No último ano eu trabalhei muito em mim mesma. Não apenas fisicamente mas também espiritualmente e mentalmente. Me sinto mais forte e confiante. Acho que a música mais autobiográfica talvez seja ‘Father’ porque é uma música muito próxima ao meu coração, ela é crua. Apesar de que não represente minha vida, é muito significativa na minha agora. Também foi uma das mais difíceis que escrevi.”

Críticas em relação a carreira
“No começo da minha carreira eu lia todas as críticas, comentários nos blogs e fofocas nos sites. Isso realmente me afetava e eu carregava uma energia negativa que estava em volta de mim. Mas eu não leio críticas. Especificamente porque você não vai agradar a todos. Alguns discos, algumas músicas não vão ser perfeitas e às vezes as pessoas não vão gostar. Um dos motivos que me fez ser confiante é que eu parei de me importar com o que as pessoas pensam.”

Leia tudo sobre: Demi Lovato

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas